sexta-feira, janeiro 09, 2015

Liberdade de expressão


O segredo seria fechar a boca. Quem não fala, não vê, não ouve, não tem dúvidas nem problemas.
Quem insiste em considerar  que a massa humana produz situações e crenças hilariantes é, curiosamente, levado a sério. O riso, a ironia, são armas poderosas para mostrar que a soma da totalidade dos nossos dogmas, não deixa de ser um produto estranhamente ridículo quando tomamos uma parte como o todo e o levamos a sério como a VERDADE.

Nenhum comentário: